O Serenis.’.Grão-Mestre Ir.’.Dálcio Antônio Cardoso da Grande Loja Maçônica de Minas Gerais, trabalhou em várias Comissões, servindo os Grãos-Mestrados desde 1979. Foi membro do Circulo de Estudos Simbólicos da GLMMG como auxiliar do inesquecível Irmão Antônio Augusto Alves de Almeida, o Antônio Ferro-Velho, durante o mandato do Irmão Arlindo dos Santos. Foi membro da Consultoria Especial do Grão-Mestre Ronaldo Braga; Vice Presidente do Circulo de Estudos Filosóficos no mandato do Irmão Getúlio Gadelha Dantas. Na administração do Irmão Celso Sérgio Ferreira (dois mandatos) foi membro e posteriormente presidente da Comissão de Reforma da Constituição, presidiu a Comissão de Ritualística, participou da Comissão de Justiça da GLMMG e presidente da Comissão pelos 200 anos do Passamento de Tiradentes.

Foi eleito Grande 2º Vigilante em 1997 e em junho de 2000 foi eleito Grão-Mestre para o triênio 2000-2003.

Durante o mandato foi possível realizar: ajustes na Constituição, Regulamento Geral, Manual de Normas Ritualísticas; ajuda às Lojas Jurisdicionadas, liberando as taxas de Iniciação, Filiação e Regularização; ajuda aos para-maçônicos: De Molays, Filhas de Jó e Damas da Fraternidade; reforma total do prédio da GLMMG; adequação dos salários dos funcionários, defasados há muito tempo; ajuste à realidade do Teatro da Maçonaria, que dava um prejuízo mensal razoável e passou a dar lucro bem considerável; compra de elevador para adaptação ao térreo no prédio da Grande Loja; compra de carro para as viagens do Grão-Mestrado, pondo fim às locações de veículos; criação da casa de apoio aos Irmãos do interior, que passaram a ter onde tomar banho e dormir em BH, sem qualquer ônus, efetivou negociação com a Prefeitura de Teófilo Otoni, transferindo a esta o Hospital Balbina Bragança, que gerava prejuízo há mais de 30 anos, alcançando valores absurdos, quase levando a Grande Loja à inadimplência. Criou o FAM (Fundo de Assistência ao Maçom), que hoje paga de auxílio uma importância que cobre com folga traslado do corpo e despesas com o funeral à família do maçom, o que faz deste, o projeto social mais bem sucedido da história da GLMMG.

Não exerceu um Grão-Mestrado preocupado com a expansão do número de Lojas filiadas, tanto que em três anos de mandato fundou apenas 13 novas Lojas, preferindo fortalecer as já existentes. Durante o mandato promoveu, além dos ajustes administrativos e ritualísticos, encontros regionais nas mais variadas regiões do Estado, além de cursos para novos Veneráveis e Oficiais melhorando consideravelmente o nível cultural dos Irmãos. Promoveu em seu mandato a comemoração das Bodas de Diamante (75 anos de fundação) da GLMMG, oportunidade em que levou à Belo Horizonte quase todos os Grãos-Mestres filiados à CMSB (Confederação da Maçonaria Simbólica do Brasil), além dos Grãos-Mestres Estaduais do Grande Oriente de Minas Gerais (COMAB) e do Grande Oriente Estadual de Minas Gerais Federado ao Grande Oriente do Brasil. Foi uma administração onde manteve em alto nível o relacionamento com as duas Potências Co-Irmãs GOMG e GOB mantendo vários encontros conjuntos e reforçando a atuação do NPE (Núcleo Permanente de Estudos) onde cada Potência mantinha dois representantes para melhor entendimento e soluções conjuntas de quais quer dificuldades, por ventura existentes, o que proporcionou uma convivência harmônica e produtiva com inter-visitação constante de Administrações, Lojas e Irmãos.

É membro Honorário de varias Lojas, como: XIII de Dezembro Nº 118 de Campos Altos-MG; Fé e Perseverança Nº 24-BH; Amigos da Verdade Nº 79-BH; Brazilian Lodge Nº 1.180 de New York-USA. Continua com o mesmo entusiasmo e não perde uma única reunião de sua Loja ou Assembléia Plenária da GLMMG.

5 Responses

  1. sebastião campos junior

    solicito que envie a revista Universo maçônico.

    TFA

    sebastião campos/CIM 14945 – GOMG – Grau 33.

    Responder
  2. José Rodrigues Silva

    Amados IIr.´., muito bom o trabalho.
    Gostaria de receber trabalhos elaborados por IIr.´.
    TFA
    Rodrigues/CIM24339 – GLMMG – Grau 9

    Responder
  3. Rafael de Menezes de Lima

    Boa Tarde !
    Sou profano, mas de um conhecimento rasoável da maçonaria, gostaria de receber algum material sobre a ordem, tenho grande admiração por ela. Tenho vários amigos e conhecidos que fazem parte da ordem. sempre tive por instindo estudar e ler TUDO à respeito da maçõnaria.

    TFA.’. aos mebros da ordem e estou de P.’. e à O.’. .

    Rafael Menezes

    Responder

Deixar resposta

Seu endereço de email não vai ser publicado.