POESIA


A luz que resplandece do Oriente,
Firmando, lado a outro, a harmonia.
Fúlgida luz vinda de vós!… Via
Vosso flamígero fulgor luzente!…
E, tudo Justo, houvestes de a vazia
Forma do Ser limar… E, presente,
Tudo Perfeito deixais até o Ocidente;
Limando o Ser na vossa pedraria.
Conclamastes em Força, a Liberdade,
E, na Fé, Esperança e Caridade,
Continuais em luz: Sabedoria!…

E, nas vossas fileiras, a Igualdade
Verte a Beleza da Fraternidade;
Justa e Perfeita sois, Maçonaria!…

 

Deixar resposta

Seu endereço de email não vai ser publicado.