POESIA

 

Sou maçom, sou Mestre e sou feliz,
De grau em grau fui à plenitude,
Mas veja o que o doutrina diz:
Ser mesre é ser sábio, ter virtude.

Ser Mestre sempre foi meu sonho,
E para ser Mestre me empenho,
A imitar os Mestres me proponho,
Mas acho insigne o saber que tenho.

A revesar na lida sempre estou,
Ser chamado de Ir.’. de faz feliz,
Se o dever me chama sempre vou.

Mas na sutileza a impressão me diz:
Que na vida nada mais sou,
Que um teimoso e fraco Aprendiz.

 

Sobre o Autor

ARLS Acácia de Brasília Nº 05 • Gr.'. Loja • Sobradinho Brasília-DF

Deixar resposta

Seu endereço de email não vai ser publicado.