“Imaginemos uma caverna subterrânea onde precisa se dedicar à procura da verdade, de aprender os seres humanos estão aprisionados, algemados de pernas e pescoços, de tal forma que estão sempre no mesmo lugar, sem poderem mo- ver a cabeça, e a olhar sempre para a frente, sem ver o que os rodeia. O ambiente é de semi-obscuridade…

…e como nunca viram nada exceto estas sombras das coisas, pensam que são a realidade, ignorando que exis- te um outro mundo fora da caverna, esse sim, real. Que aconteceria se qualquer um pudesse libertar-se?…

…mas há um mundo real, das ideias, das formas, ao qual o homem pode aceder pela razão e conheci- mento. Esse é o papel da loso a: libertar o homem da sua condição, desse mundo de aparências. Para tal
com os outros a conhecer a si próprio…

…As fontes escritas são escassas, porque estava
rodeado pelo segrede e a perseguição do Império Cristão, e da igreja de Roma, acabaram com o que encontraram. A maioria das referências é dos escrito- res cristãos e com a nalidade de denegrir…Os mis- térios proporcionavam ao iniciado o conhecimento do fenômeno da transmigração da alma, de modo a preparar-se para a vida além da morte, evitando o ci- clo de encarnações.”

POESIA


A PEDRA BRUTA, DESCANSA
FEITO MADEIRA VELHA, SOB AS TUMBAS DE UMA CAVERNA.

DESPONTAM CLARAS GALÁXIAS DE PONTA A PONTA
MARFINS PONTIAGUDOS CRENÇAS E SEGREDOS SUSSURROS ENTRE LANTERNAS.

EXPLORAM OS TEMPLOS COMO OPERÁRIO, LIBERTAM O MUNDO, OBREIROS E SOLITÁRIOS…

E FEITO OS MESTRES DA ANTIGUIDADE LUTAM PELO FUTURO
FONTE DA LIBERDADE
E FAZ-SE A LUZ:
O AUMENTO DE SALÁRIO.

PRENDEM-SE A ALMA NAS GRUTAS ESCURAS, SEM VESTES.

SILENCIOSO RITUAL: DECIFRAM VERDADES SOB CIPRESTES.

IRMÃO, APRENDIZ OU MESTRE: A GEOMETRIA QUE
TE TORNA IGUAL

CALADOS E
INDEFINIDOS MISTÉRIOS SEM NASCIMENTO NEM MORTE E DEUSES EM MOVIMENTOS.

AGUARDAM O QUE
VEM PELA FRENTE
SEM LEMBRANÇAS
DO CONTRASTE
SEM VAZIOS OU SOFRIMENTOS

A DOR JÁ NÃO EXISTE
NEM VAIDADE NEM FRAGMENTOS A TRANSPARÊNCIA E O TEMPO TRANSFORMAM-SE
EM HISTÓRIAS E SEUS INVENTOS.

CRIADOR E CRIATURA ESSÊNCIA E FILOSOFIA AMARGOR E DOÇURA

QUEM SABE DA DIMENSÃO DO ESPÍRITO
OU DA ALMA DAS PEDRAS OU DA ESTRANHA ESTRADA DA SABEDORIA?

Deixar resposta

Seu endereço de email não vai ser publicado.