Problemas são postos em nossas vidas para que possamos enfrentá-los e vencê-los.
A cada vitória crescemos um pouco mais.

Às vezes pensamos em desistir de enfrentá-los, parece que não tem saída. Porém, superados, vemos que nem foi tão difícil assim e percebemos que saímos fortalecidos.

Nossa vida é uma verdadeira competição.

Nos estudos, temos as “provas” que nada prova. Temos o vestibular, a faculdade, o chamado “exame de ordem” existente em diversas profissões e, prontos para o trabalho, parece que, finalmente, estamos prontos para o concorrido mercado.

Aí começa tudo de novo, o concurso, as entrevistas de emprego, a promoção dentro de nosso trabalho e etc. Tudo isso é insignificante, pois, a maior competição de nossa vida, nós a vencemos há bastante tempo e não damos muito valor a ela, aliás, às vezes, nem percebemos.

Digo que a maior competição é a “competição da vida”, quando ainda éramos espermatozóides e lutamos contra milhões de concorrentes para fecundar o óvulo de nossa mãe.Essa foi, sem dúvida, a maior competição de nossa vida. E, se fomos capazes de vencer milhões de concorrentes no vestibular da vida, ganhando o direito à vida e ao nascimento, então por que fracassarmos nas meras competições interlocutórias?

Não há sentido. É preciso que sejamos destemidos e confiantes em nossa capacidade para que, quando chegarmos à última competição, a de ganharmos a vida eterna, possamos olhar para trás e dizer orgulhoso: VALEU A PENA, e descansar no merecido repouso dos justos, junto ao Pai que está nos céus, ao qual nós chamamos com muito carinho e respeito de G∴A∴D∴U∴.

Deixar resposta

Seu endereço de email não vai ser publicado.