Jogue fora números não essenciais.
Isto inclui idade, peso e altura.
Deixe que o doutor se preocupe com eles. Mantenha somente amigos alegres…os emburrados colocam você para baixo.
Continue aprendendo.
Aprenda mais sobre o computador, barcos, jardinagem, o que seja, nunca deixe seu cérebro inativo. Uma mente inútil é a fábrica do diabo…
O nome do diabo é Alzheimer.
Aprecie as coisas simples.
Quando as crianças são pequenas, quando as crianças estão na faculdade, quando você se aposentar. Tudo!
Tudo você pode aproveitar!
Ria frequentemente, comprido e alto.
Ria até lhe faltar ar.
Ria tanto até que possa ser reconhecido
pelo seu riso.
As lágrimas acontecem.
Aguente, lastime e continue.
A única pessoa que está conosco nossa vida inteira, somos nós mesmos.
Cerque-se do que você ama, seja família, animais, lembranças, músicas, plantas, hobbies, qualquer coisa.
Sua casa é seu refúgio.
Proteja sua saúde.
Se está boa, preserve-a.
Se está instável, melhore-a.
Se está além do que você pode melhorar, peça ajuda. Passeie.
Ande pelas ruas…vá a outra cidade…tem tanto lugar lindo por aí.
Não esconda seus sentimentos.
Diga às pessoas, várias vezes, que você gosta delas. Faz um bem…
E o mais importante:
“A vida não é medida pelo número de vezes
que respiramos, mas pelos momentos que nos
tiram a respiração.”

Sobre o Autor

GR. Porta Estandarte Adj. GLESP

Deixar resposta

Seu endereço de email não vai ser publicado.