As sindicâncias em nossa Ordem têm mostrado, em uma análise profunda, sérios perigos à Maçonaria. Além da existência de um ponto vulnerável, o APRENDIZ, que é assim considerado por se tornar presa fácil aos chamados GOTEIRAS, surge, sem que o percebamos, outro tão mais perigoso que é o IRMÃO IRREGULAR. Isso sim, nos preocupa, porque em alguns casos são ameaças à Ordem. Mesmo sabendo que muitos não oferecem nenhum risco aos nossos mistérios, devemos ter uma atenção cuidadosa, pois correm sérios riscos de serem divulgados vulgarmente por alguém ou mesmo por sua família, que participava conosco das atividades maçônicas. Como exemplo, podemos citar Cunhadas e Sobrinhos, a quem nunca foram dadas explicações, porque o seu “MARIDO/ PAI” foi excluído da Maçonaria e passaram a ter verdadeira aversão, que acaba sendo gratuita, pela Maçonaria. Esses são ameaças, ou porque praticaram algo contra os princípios da Ordem […]
Se você já é assinante, faça o seu login, clicando aqui, para ler a matéria completa.

Sobre o Autor

ARLS Estrela de Davi II nº 242 GLMMG/CMSB Oriente de Belo Horizonte