AABOC, Associação Beneficente Odila Carvalho é uma instituição sem fins lucrativos, nascida em 2003 e que visa oferecer assistência, tratamento e apoio emocional às pessoas socialmente vulneráveis.

Sua missão é garantir aos socialmente carentes, dignidade através da assistência responsável, consciente e solidária: pautada em princípios de cidadania. Sobretudo, propiciar atendimento de saúde e alfabetização, à idosos carentes e proporcionar à crianças e adolescente em tratamento oncológico (câncer) e seus familiares, assistência social e estadia na casa de apoio, visando que estas tenham o direito de alcançar todas as chances de cura com qualidade de vida.

Criada no dia 13 de maio de 2003,e registrada no dia 10 de junho de 2003 perante o 7º Oficio de Registro Civil de Pessoa Jurídica da Capital, pelos membros da A.’.R.’.L.’.S.’. CONSTRUTORES DO FUTURO 3433, pertencente ao GOB/GOSP, a qual divide a doação dos imóveis da Rua Felix de La Rosa 233 – Vila Anglo-Brasileira, (Unidade Antonio Mansur), e da rua União 285/291 – Aclimação (Unidade Farah Mattar Sobrinho).

A primeira diretoria da ABOC foi presidida pelo irmão Farah Matar Sobrinho, e seu diretor de patrimônio, Antonio Mansur. A unidade Antonio Mansur foi construída em 1946 e foi totalmente restaurada para receber os alunos de alfabetização de adultos, que atualmente é coordenado pelo Centro Educacional São Camilo que implantou o sistema ALFASOL de alfabetização de adultos.

A unidade Farah Mattar Sobrinho será totalmente reformada para receber a casa de apoio para crianças carentes com câncer. O projeto do novo edifício foi idealizado pelo arquiteto e irmão Silvio Martinho Zanardi, a construção terá o acompanhamento do irmão Antonio Domingos Petillo e do sobrinho Juan Resk.

As sondagens já foram feitas e atualmente a documentação está em processo de regularização junto aos órgãos competentes para inicio da construção. No inicio do segundo semestre deste ano, será lançada uma campanha para construção da Unidade Farah Matar Sobrinho na aclimação, onde a ajuda da sociedade é imprescindível para o andamento deste projeto social.

Projetos filantrópicos socialmente responsáveis, como é o caso da ABOC, só serão bem sucedidos se contarem com a participação efetiva da classe empresarial e dos irmãos, não apenas pela doação de numerários, mas principalmente com a transferência de suas experiências administrativas vencedoras, ao hoje denominado Terceiro Setor.

As entidades filantrópicas vieram ocupar o vazio deixado, e retomar as atividades que em parte já foram suportadas pela comunidade. Para tanto, o terceiro setor coloca a disposição da sociedade, principalmente a transparência de seus atos, abrindo ao empresariado e aos irmãos uma participação efetiva em seus quadros. E, sobretudo, procura juntar peças como a solidariedade da comunidade, o saber de algumas instituições governamentais, como as universidades e a agilidade administrativa e gerencial dos irmãos e do empresariado.

A ABOC quer abrir para todos os irmãos da ordem este trabalho filantrópico conjunto. Tudo o que foi feito até agora, foi patrocinado pela A.’.R.’.L.’.S.’. Construtores do Futuro e doações de pessoas sensibilizadas por este projeto. Conheça melhor a ABOC e nosso projeto, colabore com esta idéia e participe da campanha de construção da casa de apoio.

Deixar resposta

Seu endereço de email não vai ser publicado.