No R.E.A.A , quando o Saco de Propostas e Informações faz o seu giro, compete ao Venerável Mestre ler todas as peças recolhidas pelo mesmo, dando-lhes o destino devido. Entretanto, ler, não significa que, naquele momento, passe todas as informações para a Loja. Não há a necessidade de dar a devida publicidade de todo o conteúdo recolhido do Saco de Propostas.

O Venerável Mestre, obedecendo ao seu exclusivo critério pessoal, poderá deixar ler aos demais Obreiros, apesar de tê-lo feito para si, alguma Prancha, ou Proposta, caso ela exija um exame mais demorado, para depois ser apresentada à Loja.

Neste caso, a proposta, ou Prancha, é deixada SOB MALHETE.

Há, todavia, um prazo regulamentar, para que o Venerável Mestre dê conhecimento da Prancha que não foi lida – geralmente, duas Sessões. (Castellani).

Sob Malhete – e não “sobre” Malhete – é exatamente isso: adiar a leitura de uma Proposta, ou Prancha.

É dito que ela ficou “sob Malhete”, porque é como se ficasse presa, provisoriamente, sob o Malhete do Venerável Mestre.

Sobre o Autor

ARLS Jacques de Molay n° 2778 - GOB

Deixar resposta

Seu endereço de email não vai ser publicado.