A o analisarmos nossa existência, percebemos que rotineiramente realizamos determinadas ações ou determinadas cerimônias, que tem como objetivo, satisfazer alguma tarefa, seja ela religiosa, social, familiar ou até mesmo pessoal.

Percebemos também, que ao realizarmos estas tarefas; somos tomados por extremo prazer, como se, por exemplo, tivéssemos cumprido, agradavelmente, mais uma etapa de nossa vida.

Se analisarmos mais a fundo o nosso comportamento, percebemos que é quase impossível não darmos atenção ao desejo de cumprir estas tarefas, sobretudo as religiosas ou sociais, pois quem nunca foi à igreja? Casou-se? Desquitou-se? Comprou um imóvel ou um veículo? Fez uma festa de aniversário? Ou simplesmente foi a um bar confraternizar com os amigos?

Se sua resposta foi sim para qualquer destas perguntas acima, saiba que pelo menos em um momento de sua vida, você já praticou um Rito.

Rito é um conjunto de gestos, palavras e formalidades, geralmente imbuídos de um valor simbólico, determinando um momento importante de nossa existência, podendo eles ter caráter religioso, por exemplo, o batismo; ou carater social, como a festa de 15 anos.

Esse rituais podem adquirir tamanha importância na vida das pessoas, que algumas costumam gastar grandes fortunas, apenas para satisfazer seu sonho, de casamento por exemplo, e assim praticar este ritual.

Costuma-se atribuir a prática de um Ritual apenas a ações ligadas à religiões, formas de expressões religiosas, seitas ou organizações místicas, mas isso são atribuições errônias, pois os rituais são características de quase todas as sociedades humanas conhecidas, e estamos tão atrelados a estes rituais que é quase que impossível vivermos sem eles, pois eles estão em todos os momentos de nosso dia a dia, do amanhecer, quando realizamos o “rito de escovar” os dentes, até ao deitar quando “preparamos nossa cama”.

Podemos dizer ainda, que os ritos são atitudes e ações que apesar de simples, servem para marcar um momento, eternizar uma data ou festejar algo importante, e podem ser realizados de diversas formas, desde a assinatura de documentos, que geralmente é usada para a compra de um imóvel, ou até cerimônias religiosas, como é o caso de um casamento; ou até mesmo os dois juntos, cito novamente o casamento.
Os rituais mais comuns são os ligados a nascimentos, mortes, matrimônio e formaturas, sendo que em nossa sociedade, os ritos ligados a nascimentos, mortes e o casório são monopolizados pelas religiões.
No caso específico dos rituais praticados pelas religiões, cada uma, que são muitas, tem seus ritos próprios, sendo que mesmo dentro de uma religião específica costuma haver diferença de ritos dependendo da região, país ou até mesmo raça que a pratique.

Outros tipos de ritos praticados por nossa em sociedade, fora religião, incluem coroações, posses presidenciais, eventos esportivos e outros tantos. Existem também as atividades que são executadas para concretizar propósitos, como simpósios científicos, que são carregados com ações simbólicas prescritas por regulamentos ou tradição e, portanto, são puramente ritualísticos. Várias outras ações comuns, como aperto de mão ou cumprimentos podem ser entendidas como pequenos rituais.

Os rituais podem ser executados em intervalos regulares ou em situações específicas, sendo realizados por um único indivíduo, um grupo, ou por uma comunidade inteira. Pode ocorrer em locais específicos, diante de pessoas ou privativamente, pode ser restrito a certo subgrupo da comunidade e pode autorizar ou sublinhar a passagem entre condições sociais ou religiosas.

Seus propósitos também são variados, sendo que eles podem incluir a concordância com obrigações religiosas ou ideais, satisfação de necessidades espirituais ou emocionais, fortalecimento de laços sociais, demonstração de respeito ou submissão, estabelecendo a afiliação, obtenção de aceitação social ou aprovação para certo evento, ou, às vezes, apenas o prazer do ritual em si.

Basicamente os ritos podem ser divididos em duas categorias: – cerimonial ou psíquico. O rito cerimonial é quando há necessidade de uma preparação quanto ao local, à vestimenta, os materiais e os instrumentos utilizados, são aqueles que normalmente são usados em missas, cultos, casamentos, batizados, velórios, formaturas e outros. Já os ritos psíquicos é quando se pretende interferir ou transformar algo no mundo psíquico.

De modo geral os ritos assumem grande importância em nossa vida, já que eles podem servir na afirmação da identidade de um grupo e também podem mascarar as relações sociais. Assim os rituais esboçam comportamentos de troca que ganham valor comunicativo e, dentro de uma perspectiva etológica, evoluem de comportamentos sem nenhuma função comunicativa, passando a serem estereotipados, maximizando a comunicação das espécies e contribuindo para a evolução da humanidade.

Bibliografia:
– A Iniciação Maçônica. O Simbolismo. O Segredo. Revista Universo Maçônico. Publicado na Edição 11 em Ritualística 14 de Junho de 2010. Ritualística Maçônica. Disponível em: http://www.revistauniversomaconico.com.br /ritualistica/iniciacao-maconica/.
– Dayvisson Magalhães Alves, M.M. (Trabalho do Grau de AP∴M∴)
ARLS Duque de Caxias Luzeiro do Oriente – nº. 0252
(Grande Oriente de Pernambuco), Brasil.
– CARVALHO, William Almeida. Rito de Iniciação: Uma Abordagem Antropológica. 2007. Online. Disponível em: http://www.freemasons-freemasonry.com/1carvalho.html.
– DA CAMINO, Rizzardo. Simbolismo do Primeiro Grau. Ed. Madras, São Paulo, 1998. DUARTE, Jan. Iniciação e Ritos de Passagem. Online. Disponível em: http://www. casadobruxo.com.br/textos/magia99.htm.
– Câmara de Reflexões. Online. Disponível em: http://cidademaconica. blogspot.com/2007/07/cmara-de-reflexes.html.
– Iniciação, Morte e Renascimento do Xamã. Online. Disponível em: http://www.xamanismo.com/jaguar/universo_4.asp.
– Rituais. The Theosophist, Junho de 1886. Disponível em: http://www. filosofiaesoterica.com /ler. php?id=138#.UpcQDyfW2eY
– Iniciação Maçônica. Disponível em: http://www.rlmad.net/rlmad-main/mmenu-pranchas/297-inic-macon.html.
– Ritual. Disponível em: http://pt.wikipedia.org/wiki/Ritual.
– Rituais e Religião. Disponível em: http://www. brasilescola. com/religião /rituais.htm.
– Rituais. Disponível em: http://www. spectrumgothic .com.br /ocultismo /magia /rituais. htm.

Sobre o Autor

ARLS Casa do Caminho, n° 302 Oriente de Fervedouro • GLMMG/CMSB

Deixar resposta

Seu endereço de email não vai ser publicado.