A origem da swastica perde-se na noite dos tempos, embora possa ser considerado um dos mais velhos símbolos utilizados pela humanidade. A sua mais antiga significação é a de símbolo Solar.

Numa iniciação, alguém levou uma galinha escondida para participar como amostra de inédita prova. Haviam cinco candidatos a iniciação que já estavam sendo submetidos, enquanto um em cima de uma mesa, segurando um pau de vassoura com um trapo de chão na outra ponta, tremulava como se fosse a bandeira do Brasil, e cantava o Hino Nacional, outro ajoelhado confessava seus pecados aos ouvidos de um santo Ir.’., outro amarrado pela garganta era levado numa procissão, enquanto os acompanhantes murmuravam a mantra do “Panis Angelicus”… e os outros dois esperavam vendados e pacientes a sua vez.

O genioso Ir.’.Improvisou uma mesinha de centro, colocou a galinha em cima da mesa, sentaram os cinco candidatos vendados em círculos, e os forçaram com a mão provar que ali estava uma galinha viva e doente… e que iria precisar de um “passe de cura”.

Préviamente outro Ir.’. teve a idéia de ir na cozinha da loja, e cozinhar cinco ovos, e assim quentes foram colocados nas mãos dos cinco candidatos:

O Ir.’. falador, assim diz: caros profanos e pecadores, deste momento em diante, vão começar a aprender a usar as energias da mente e das mãos, observem que esta galinha esta muito mal, tem uma febre continua que faz os ovos que bota ja sairem cozidos, curioso é que a ciência ainda não conseguiu descobrir sua cura… e vocês vão ter de fazer o milagre”… Portanto, Peço toda vossa fé, coloquem atenção e concentração na galinha doente, e realizem a proeza do Passe de cura. ok e prossegue:

Pelas energias naturais que temos de corpo e mente, e pelo conhecimento a nós conferido, (nesta hora, todos os candidatos seguram uma parte da galinha), enquanto outros IIr.’. colocam a mão em cima da cabeça de cada candidato), e prossegue o Ir.’. curador…

Eu transfiro e curo esta galinha, das energias que saem da mente e do corpo destes cinco poderosos candidatos, e se a galinha ficar boa, se der mostra de recuperação e sua febre ceder, serão considerados aptos a outras provas, porem advirto tais provas que advirão serão bem mais rigorosas, e diz em AZAVAM… AZAVINHA, retirai o fogo maléfico desta galinha… e outras palavras que não me lembro?

Por curiosidade os ovos cozidos ja estavam frios, e colocados nas mãos dos cinco candidatos para provarem a eficiência da potencialidade de suas energias naturais, e do Passe místico de cura… e o Ir.’. falador vai concluir:

Mesmo sabendo que todos os maçons conhecem muito bem a validade e o sentido da iniciação, peço permissão para lembrar alguns aspectos.

A iniciação começa quando o padrinho vai buscar seu afilhado em casa, e no trajeto, conforme a disposição e genialidade ja começa a história maçônica do candidato, a minha não foi diferente, e no percurso vendado, antes de mim, dois IIr.’. gêmeos, tb vendados, foram colocados com um ramo de flores nas mãos, um ficando na porta do cemitério do Araça e outro na porta do cemitério da Consolação em São Paulo, após estas manifestações expostas ao publico, fomos ao “sacrifício” para outra exposição em loja, e até hoje sou feliz, calado e consagrado.

Vamos Lembrar ainda que: Em loja estes dois testes têm procedimentos, SECULARES E RUDIMENTARES, quer aceitemos ou não, eles apresentam dois sentidos numa única palavra: Iniciação.

Um sentido exotérico no exterior da loja, e outro sentido esotérico no interior da loja; Sendo o primeiro procedimento rejeitado pelos IIr.’. radicais e conservadores, que afirmam ser uma execução aparentemente absurda e desnecessária, mas percebe-se que não movem uma palha para mudar.

Desnecessário ou não os testes são realizados como vimos em dois setores da loja: aquele abusivo e rejeitado, na parte externa da loja, e um Inteligente, agradavel, desempenhado no interior da loja, e que todos podem contribuir mais racional e que faz bem aos entendimentos de todos os IIr.’. participantes.

Na parte externa da loja: Um procedimento desumano e “bestial” (MAS COMPLETAMENTE NECESSÁRIO)… tem horário restrito, e busca atingir a parte material e física do candidato, realizado sem nenhum segmento normal de ritual, sem nenhum gabarito ou esquema, e sem as sabias ou bonitas palavras dos IIr.’. veteranos, é realizado nos “dentes” de tantos IIr.’. colaboradores. Enfim, o “sacrifício” realmente objetivo e físico do candidato. aqui valem as regras pessoais, exemplos das idéias do que foram submetidos, e que se utilizam objetos diversos, tudo do risonho ao franco é permitido, só não podem é ferir o candidato, e sem nenhuma outra consequência a não ser intima e doce lembrança pessoal de cada candidato da sua iniciação.

Na parte do interior da loja: A iniciação prossegue, AQUI SIM É INICIAÇÃO… com procedimentos angelicais e místico na parte moral do candidato, a parte sublime da Iniciação, Os IIr.’. acomodados e com seus manuais de procedimentos em mãos, seletos IIr.’. ditam as regras, nas boas peças de arquitetura, e com tempo disponível e suficiente para realizar e concluir a cerimônia.

Ambos procedimentos da iniciação: Externo e Interno da loja, são diferentes com o mesmo fim, a compreensão da proposta maçônica que o candidato morre ao mundo profano e renasce para uma nova vida, com novo sentido de caráter mais elevado, e que vai lhe permitir conhecer os íntimos sentimentos da sua alma, na sua evolução, moral, material e espiritual, durante a sua passagem de vida no planeta terra.

Assim na parte externa da loja, deve ser entendido e aceito, – É a parte que ALGUNS Dos MM.’. e IIr.’. veteranos não gostam e repudiam, SÓ QUE NECESSÁRIA, e o candidato tem de ser submetido a testes simbólicos de tormentos físicos SIM! Da dor, da morte, da obediência, da resistência, da humildade e sobretudo confiança na mão do seu “guia condutor”, ou seja confiança na irmandade; realizados pelos IIr.’. quase sempre do 2º grau, acompanhados por alguns MM.’.

Quando os IIr.’. percebem que o candidato reúne tais condições, ele é introduzido na câmara das reflexões para fazer o seu testamento, ja que vai “morrer” nas perguntas que contem o papel que o Ir.’. Terrível lhe entregou na porta da câmara, e o façam refletir que vai da singular posição profana, a nobre posição Espiritual, e sobretudo da própria importância moral, Que medite e responda conforme sentimentos cinco perguntas básicas: e depois de preenchida é levada ao VM.’. na ponta de uma espada, para ser queimada em sua presença, após a sua aceitação na Ordem e no final da cerimônia da iniciação. As perguntas são:

O que o homem deve a Deus?
O que o homem deve a si mesmo?
O que o homem deve a seus semelhantes?
O que o homem deve a Pátria?
O que o homem deve a família?

Na parte interna da loja, a cerimônia passa a ser conduzida pelo VM.’. e OOFF.’. da loja, alem dos MM.’. e visitantes, que completam e submetem a análise e a validade da aceitação do candidato, enquanto a cerimônia prossegue em Alto Estilo, e de maior qualidade daquela ordinária e brutal observada e realizada na parte externa da loja, aparentemente sem nenhum fundamento…

Aqui são observados e realizados outros testes de: tormentos da moral, das leis da natureza, o percurso dos caminhos tenebrosos da vida, dos sabores diferentes, a purificação, e o renascimento pela iluminação, alem da aceitação e juramento a Ordem. tudo certinho, tudo previsto dentro do manual e Regras de procedimentos da Ordem, e da maçonaria universal. TUDO BONITINHO, BONITINHO…

E por isso, que as vezes algum Ir.’. confundem que Iniciação é somente aquela realizada no interior do templo, e que os IIr.’. que “carregaram o piano” do lado de fora, ficam esquecidos, e dotados de pura imaginação de “homens da caverna”.

Deixar resposta

Seu endereço de email não vai ser publicado.